Calça alfaiataria feminina: como usar em diferentes ocasiões!

conjunto alfaiataria laranja

Durante muito tempo as calças de alfaiataria eram restritas aos ambientes corporativos, por conta da sua elegância e imponência. Atualmente isso mudou e esse modelo de calça também ganhou o street style e agora pode ser visto nas mais variadas produções e estilos. Então, para que você não erre nos looks, preparamos algumas dicas que vão te ensinar como usar calça de alfaiataria feminina.

Diferente de outros tipos de calças, como as jeans, as calças de alfaiataria são uma peça que une elegância, conforto e um excelente corte, que inclusive funciona muito bem e valoriza todos os biotipos femininos.

calça alfaiataria linha curves

Continue a leitura para saber um pouco mais sobre essa peça tão versátil e que pode ser usada em produções mais casuais, despojadas e também mais formais e requintadas.

Calça de alfaiataria e o empoderamento feminino

É impossível falar dessa peça de roupa sem lembrar da sua história e também importância para o empoderamento feminino.

Nos séculos passados o vestuário feminino era marcado por peças luxuosas, com espartilhos e saias enormes. Nessa época, as mulheres não tinham participação na sociedade e nem na esfera pública. Os modelos das roupas tornavam impossível tudo isso, com os grandes vestidos praticar esporte, trabalhar ou até mesmo caçar eram tarefas bem complicadas,

No início do século XX, quando as mulheres passaram a ter uma participação mais ativa na sociedade, as vestimentas também começaram a passar por modificações. Ou seja, as roupas também tiveram um papel muito importante na história mundial e também na luta feminina.

O nome da calça de alfaiataria surgiu inspirado na profissão do alfaiate. Esse termo começou a ser usado ainda na idade média, momento em que as pessoas deixaram de ver a roupa apenas como proteção para o corpo e passaram a usá-la também como status social.

O alfaiate era o profissional responsável por fazer as roupas masculinas. Já as roupas das mulheres eram confeccionadas pelas modelistas ou costureiras. A alfaiataria na verdade era o local em que esses profissionais trabalhavam. Depois, o termo passou a ser usado para caracterizar peças feitas sob medida, de acordo com o biotipo e medidas de cada cliente.

calça alfaiataria decada de 60

Atualmente, as peças de alfaiataria, como calças e blazers, já não são mais fabricadas sob medida, mas ainda mantêm algumas características como os tecidos estruturados, acabamento impecável e também o ajuste ao corpo. Mas atenção, uma peça bem ajustada não significa que ela é apertada ou justa demais, significa que ela possui um bom caimento.

Se hoje em dia nós mulheres podemos usar calças livremente, muito disso é graças a dois estilistas e ícones da moda. O primeiro responsável por fazer com que as mulheres abandonassem os espartilhos apertados foi o estilista Paul Poiret, em 1909.

paul poiret

As calças começaram a ganhar realmente o espaço no guarda roupa feminino em 1914, durante a 1ª Guerra Mundial. Foi nesse período que os homens tiveram que ir para os campos de batalha e as mulheres precisaram assumir outras responsabilidades além de cuidar da casa.

Como as mulheres começaram a trabalhar, a roupa precisava oferecer conforto e mobilidade para realizar as tarefas e a melhor opção eram as calças de alfaiataria.

A outra grande responsável pela popularização da peça foi a estilista francesa Coco Chanel. Inclusive já falamos dela aqui no blog em nosso post sobre Tweed, tecido muito usado nas criações da estilista.

Foi aí que a alfaiataria entrou no vestuário feminino e nunca mais saiu! O estilo e os tecidos estruturados também se estenderam para outras peças como saias, tailleurs e terninhos.

Calça de alfaiataria na atualidade

Por conta de toda a sua origem e também da imponência que o corte da peça transmite, as calças de alfaiataria, durante muito tempo, ficaram restritas apenas aos ambientes corporativos, já que passavam um ar de seriedade para a vestimenta feminina.

Só que a peça é muito versátil e isso fez com que ela se tornasse um verdadeiro curinga no guarda-roupa feminino, daquelas peças que combinam com tudo e em qualquer ocasião. As grifes Saint Laurent e Chloé repaginaram o modelo, com uma pegada mais moderna e incluíram as peças nos seus desfiles.

O modelo de calça de alfaiataria atualmente está muito associado com o estilo Genderless, que são roupas sem gênero e que podem ser usadas tanto por homens, quanto por mulheres. Aqui no blog, temos um post que te dá algumas dicas de como usar peças do guarda-roupa masculino.

Foi assim que a peça saiu dos escritórios e ganhou também as produções de street style. Agora elas podem ser encontradas não só nas cores clássicas e formais, preto e marrom, como também em opções de cores mais alegres, como os tons de candy color.

conjunto alfaiataria candy color

A versatilidade da calça pode ser percebida não só nas infinidades de combinações, como também nos variados modelos inspirados no estilo. Conheça alguns:

Alfaiataria Pantalona

O modelo de calça pantalona é bem estruturado ao corpo, mas conta com um cós alto, com cintura bem marcada e com as pernas folgadas. Além disso, a calça é bem comprida e as barras são mais largas para manter a silhueta mais alongada.

Alfaiataria Pantacourt

O modelo pantacourt é muito semelhante ao pantalona, mas a grande diferença está no comprimento. Enquanto uma é bastante comprida, a outra é mais curta, mais ou menos na altura das canelas.

Alfaiataria Cigarrete

O modelo da calça cigarrete é mais justo ao corpo, muito semelhante às calças jeans skinny. O cós é na medida, nem baixo e nem alto e o comprimento das pernas é na altura do tornozelo.

Alfaiataria Corte Reto

O corte reto é o mais clássico de todos e como o nome diz, ela tem uma modelagem reta e não muito justa nas pernas e no quadril. O cós pode ser médio ou alto.

Inspirações para montar looks com calça de alfaiataria

Agora que você já conhece um pouco da importância e da história da calça de alfaiataria feminina e também alguns dos principais modelos, veja algumas inspirações que vão te ajudar a montar produções incríveis com a peça:

Calça de alfaiataria com T-shirt

A combinação de calça de alfaiataria com T-shirt é certeira e é uma das melhores maneiras de deixar essa calça muito mais cool. Todos os modelos funcionam muito bem nessa combinação e a camiseta pode ser usada para dentro da calça, para fora e também amarrada.

Para deixar o look mais divertido, as camisetas com estampas de personagens são uma boa aposta.

calça alfaiataria laranja com tshirt

Calça de alfaiataria com tênis

Outra combinação que deixa a calça de alfaiataria mais casual é o tênis. O calçado funciona muito bem em diversos estilos e pode ser usado tanto em produções do dia a dia, como também mais formais.

Aquele look de escritório com blazer tem tudo para ficar mais descolado, mas sem perder a elegância e o charme, com um tênis branco.

calça alfaiataria preta tradicional

Calça de alfaiataria com moletom

A versatilidade da calça de alfaiataria é tão grande que a peça pode ser usada também em produções invernais, naqueles dias em que a temperatura esfria. O moletom quebra um pouco do ar formal e ganha um status mais moderninho nessa combinação.

calça alfaiataria com tenis

Produção monocromática

As produções monocromáticas, aquelas de uma cor só, também funcionam muito bem com essa calça. A escolha do modelo fica a seu critério, mas pode usar sem medo de errar!

Para as mais básicas, o all white ou o total black são infalíveis. Mas se você gosta de ousar, pode apostar em outras cores como o vermelho ou amarelo.

conjunto alfaiataria laranja look classico

Calça de alfaiataria estampada

A calça de alfaiataria estampada também traz uma modernidade para o look, mas sem deixar de lado a sua seriedade. Além do xadrez e risca de giz, que são clássicos, agora também é possível encontrar outras padronagens como o animal print, florais e também os geométricos.

A combinação vai da sua criatividade e pode ser tanto com uma camiseta mais casual, quanto com um cropped ou uma blusa mais alinhada para uma ocasião especial.

Gostou das dicas e das inspirações? Então, aproveite também para ler o nosso conteúdo sobre círculo cromático e veja como aplicá-lo nos seus looks. Até o próximo post <3

Referência de imagens: textileindustry | Paul Poiret

Deixe seu comentário



@lamandinne | #mundolm

© 2020 La Mandinne. Rua Olívio Domingos Brugnago, 420 - Jaraguá do Sul, SC. CEP: 89259-260. CNPJ: 20.161.724/0001-24